Bem vindo(a) à Associação de Antigos
Alunos do Seminário de Vila real

A Diocese de Vila Real foi criada pelo Papa Pio XI pela Bula Apostolicae Praedecessorum Nostrorum, de 20-04-1922, com Paróquias vindas da Arquidiocese de Braga (166), das Dioceses de Lamego (71) e de Bragança (19), ficando com os limites do distrito de Vila Real. Na altura da execução da bula tinha 256 freguesias. A superfície da Diocese é de 4.273,20 km2 e tem atualmente 264 Paróquias.

O primeiro bispo de Vila Real foi o senhor D. João Evangelista Vidal (1923-1933),

Seguindo-se D. António Valente da Fonseca (1933-1967),

D. António Cardoso da Cunha (1967-1991),

D. Joaquim Gonçalves (1991-2011),

D. Amândio José Tomás (2011-2019),

D. António Augusto de Oliveira Azevedo (atual Bispo Diocesano – 2019 – )

A "Razão de ser"

O Seminário não é só um tempo, é também o espaço e o edifício onde, ao longo de gerações, se formaram os padres da Diocese e tantos outros jovens que, não tendo sido sacerdotes, estão hoje inseridos e comprometidos em projectos de relevante importância na nossa sociedade.

Quer acompanhar os nossos eventos?

Veja abaixo os mais recentes

livros Pe Manuel Mendes

Livros - P. Manuel Mendes, de Mons. Salvador Parente

P. Manuel Mendes, um santo dos nossos dias é o título da mais recente obra...

ASSOCIAÇÃO APRESENTA CUMPRIMENTOS AO BISPO DE VILA REAL​

Apresentação de cumprimentos a D. António Augusto Azevedo.​

S-Francisco-Marto

SÃO FRANCISCO MARTO PATRONO DA UASP

São Francisco Marto patrono da UASP! Proclamação de São Francisco Marto patrono da UASP.

Pode também seguir todas as associações inseridas na UASP

Associados UASP

AAASC
Carmelitas

AAA Colégios Franciscanos

AADC
Combonianos

ASDC
Coimbra

A Associação de Antigos Alunos do Seminário de Vila Real está inserida em uma instituição que gere todas as associações de antigos alunos, 

UASP – União das Associações dos Antigos Alunos dos Seminários Portugueses.

Pode consultar também todos os nossos jornais!

HOMENAGEM A MONS. ÂNGELO MINHAVA

Associação dos Antigos Alunos do Seminário de Vila Real
Câmara Municipal de Vila Real

A História desta homenagem começou, formalmente, em Mondim de Basto, a 30 de Setembro de 2017, quando José Manuel Moura, em sua casa, a Quinta da Bicuda, recebeu os órgãos sociais da Associação e D. Amândio Tomás, bispo de Vila Real, como convidado de honra.

Após o almoço, que ofereceu, e com a presença de sua excelência o bispo da diocese, deu-se inicio a uma assembleia, durante a qual o associado e companheiro Valentim dos Santos apresentou a proposta de, em Vila Real, se erigir um busto que honrasse, dignificasse e eternizasse a figura de Mons. Ângelo do Carmo Minhava, por quem todos os presentes e todo o distrito tinha, e continua a ter, admiração não só pelo sacerdote exemplar, virtuoso e humanista, pelo musicólogo e literato, mas também pelo homem bondoso, simples, humilde e sábio.

 

ENCONTRO ANUAL DOS EX-SEMINARISTAS

EM CASTRO DAIRE

 

Sonhar Castro Daire para reviver Vila Real não vai ser possível em 26 de setembro p.f., já que o surto pandémico que nos tem flagelado não deixa.

O Zé Henrique C. Ferrador carrega uma amargura infinda, uma vez que não poderá adoçar-nos a boca com o famoso "bolo podre" da região. Sendo ponto de honra receber-nos na terra que o acolheu, vivia com paixão abnegada a preparação do nosso encontro. Todas as portas se abriram aos seus apelos, desde o restaurante até aos órgãos máximos do poder local: a Assembleia e a Câmara Municipais.

Congregados que foram todos os esforços para vivermos uma jornada longe das nossas rotinas diárias, o "bicho COVIDE" rotundamente gritou: -- NÃO! Incapazes de o contrariar, nada mais resta: -- ADIAR! Este foi o consenso unânime das autoridades ouvidas (sanitária, religiosa, segurança e poder local, entre outras).

CAROS E BONS AMIGOS,

Todos lamentamos e compreendemos à exaustão o cenário que a pandemia COVID-19 nos brindou, pelo que:

  1. O encontro agendado para 26/SET/2020, em Castro Daire, é adiado, infelizmente sine die;
  2. O abraço forte deste ano será dado com mais vigor logo que as circunstâncias o permitam (no dizer do Zé Henrique: apertado até partir as costelas);
  3. Porque o compromisso do encontro é imutável, oportunamente contactaremos convosco.

 

Saudações cordiais e a melhor saúde

Num abraço amigo,

Mário Telmo

 

AVISO

 

Amigos, após falar com D. António Marto este foi da opinião que adiássemos sem data o encontro da Associação de Maio (informou mesmo que o 13 de Maio iria ser cancelado).
Falei de seguida com D. António Augusto que confirmou o facto e perante isto, comuniquei ao Seminário  P. Curralejo e estou a fazê-lo aos elementos dos corpos sociais.
Informo ainda que não tomei esta decisão só por mim, mas falei com outros elementos que me aconselharam.

Agora, como não podemos reunir pessoalmente, agradecia que me contactassem via telm. porque ainda temos pendente o acto eleitoral.
Gostaria que enviassem listas ou lista e a maneira de procedermos à eleição.
Ou por exemplo protelarmos por algum tempo, criarmos comissão administrativa, ou Entregar o acto ao Sr Presidente da A. Geral que determine o que lhe aprouver.
Sempre ao v /dispôr, envio aquele abraço.


O Presidente da Direcção
António Mota Dinis do Vale